A História do Distrito 4610

NASCIMENTO DOS DISTRITOS NO BRASIL E A HISTÓRIA DO DISTRITO 4610


Até 1927 os clubes do Brasil encontravam-se sob a supervisão direta do Conselho Diretor do Rotary International. Com a criação do Distrito 63, os clubes brasileiros encontraram-se momentaneamente, sob a administração de Governadores estrangeiros – Donato Gaminara, do Rotary Club de Montevidéu, de 1927 a 1928, e Cupertino del Campo, do Rotary Club de Buenos Aires, de 1928 a 1929.

A partir de 1929, passou o Brasil a integrar um Distrito exclusivo. O de número 72. Seus administradores tinham uma área imensa a percorrer, mas um número exíguo de clubes – no início, apenas doze (Rio de Janeiro, São Paulo, Santos, Belo Horizonte, Juiz de Fora, Niterói, Petrópolis, Campos, Porto Alegre, Pelotas, Rio Grande e Ribeirão Preto).

Por abranger o Distrito todo o território nacional, seus Governadores foram alcunhados, pitorescamente, de Tomes de Souza, comparando-os com os Governadores-Gerais dos anos primeiros de nossa história. Tomes de Souza foram Edmundo de Carvalho (1929-1930) e Armando de Arruda Pereira (1935-1936), membros do São Paulo, e mais sete outros Governadores que administraram o imenso Distrito até sua divisão em 1938.

Com divisões e subdivisões, chegamos em 1956 ao distrito 461 que no ano rotário de 1990-91,na gestão do Governador Nelson Aparecido Célico do RCSP Sumaré foi redistritado, dando origem a outros dois distritos – 4420 e 4430.

O distrito 461 nessa ocasião foi acrescido de um Zero conforme determinou o Conselho Diretor do Rotary International e passou a denominar-se “ Distrito 4610”, a partir do ano rotário 1991-92 e teve como Governador Sizenando Affonso do RC de Osasco.